Estrias e Cicatrizes

Toda a cicatriz é uma marca de pele que (atualmente) não pode ser totalmente eliminada, existem pesquisas que mostram que no feto em fases uterinas ocorre a reparação tecidual sem deixar cicatriz, e talvez no futuro possamos realizar cirurgias sem cicatriz alguma. Entretanto a plástica pode melhorar muito a qualidade de uma cicatriz nivelando-a , mudando seu sentido em relação à linha de tensão da pele (zetaplastia), camuflando-a e até conseguindo, em alguns casos, deixá-la praticamente imperceptível, porém, se procurada minuciosamente, a cicatriz será encontrada.

As estrias na verdade são cicatrizes acarretadas pela e ruptura das fibras colágenas da derme (camada profunda da pele) e que tem como fatores importantes para o aparecimento a má alimentação (principalmente com alimentos pobre em aminoácidos do colágeno, zinco, vitamina C , entre outros nutrientes), exposição excessiva ao sol ou irradiação, alterações hormonais e principalmente a distensão rápida e excessiva de pele como por exemplo a na gravidez ou e em casos de obesidade. Como qualquer cicatriz,a estria atualmente não pode ser totalmente eliminada, o que com freqüência é prometido em propagandas enganosas. É possível atenuar-se com alguns tratamentos: como o clareamento mais rápido da fase avermelhada da estria, ou pode ser também ressecada cirurgicamente nas áreas propícias, aquelas as quais a cicatriz cirúrgica possa ser aceitável ou ocultada como por exemplo nas estrias abaixo do umbigo que coincide com a pele a ser retirada na abdominoplastia.

Estas orientações podem sofrer variações dependendo de cada paciente.